Quando decidi me entregar...

07 fevereiro 2011

Por mais que os ensinamentos de Deus estiveram na minha vida desde as primeiras semanas, eu me afastei da presença de Deus ao atigir a adolescência. Logo me vi perdida nas garras do diabo, onde o meu maior desejo era a morte e a vingança era minha maior arma.
Então lembrei dos ensinamentos que tive desde criança, foi quando aos 14 anos eu voltei ara casa do meu Pai o Senhor Jesus, de lá pra cá, tenho como objetivo minha comunhão com Deus , dia após dia. Nasci de Deus, recebi o Espirito Santo e ao completar 16 anos fui levantada obreira.
Tudo o que passei, louvo a Deus, pois cheguei onde estou por Sua causa.

Eu me entreguei para Deus

Meu nome é Amanda, tenho 16 anos. sou da IURD desde os meus 3 meses de idade. Cresci sendo ensinada sobre Deus e os demônios, sobre o que era certo e o errado. Sempre levei esses ensinamentos comigo, pois aprendia na EBI (Escolinha Bíblica Infantil) com as tias e com a minha mãe. Cresci com este temor dentro de mim e onde eu ia não conseguia pecar, pois sabia que Deus e o diabo estavam me vendo (alias, estão nos vendo) e por mais que eu quisesse Não conseguia fazer coisas erradas, também pelo fato de que eu via e vejo minha mãe como minha melhor amiga, por este motivo, tudo o que acontecia eu contava a ela.
  No entanto, mesmo tendo um comportamento que aparentemente era ótimo, eu não conhecia o Senhor Jesus, eu não conhecia a verdadeira razão de viver. Eu, na maioria das vezes preferia ficar conversando com os meus colegas na rua do que ir à igreja, mesmo sabendo que eu tinha que me entregar 100% para Deus, eu nãoqueria , pois gostava das minhas amizades, gostava das "aventuras" que os meus amigos tinham no mundo, das "belezas" que o mundo oferece, uma delas por exemplo o "ficar", apesar de nunca ter ficado com ninguém (isso porque Deus me livrou, pois eu já tentei), já havia gostado de uns meninos e até sonhava que tinha "ficado" com eles, mas graças a Deus não passou de um sonho.
   Eu não cheguei a sofrer demasiadamente porque minha mãe sempre orou por mim, meu irmão e meu pai, então Deus guardava-me pelas orações dela e também pelos ensinamentos que eu aprendia com ela e na igreja.
   Até que um dia, depois de tanto ouvir a minha mãe, as tias da EBI e os pastores falarem que deviamos nos entregar 100% à Deus, eu resolvi tomar essa decisão e assim meus olhos espirituais foram abertos e vi que tudo o que o mundo oferece, por mais que aparentemente seja lindo, é uma grande armadilha do diabo para fazer o ser humano sofrer. Hoje eu conheço o Senhor Jesus, conheço a verdadeira felicidade, não há palavras para definir o quão maravilhoso é servir a Deus. Hoje eu sou obreira da Igreja Universal do Reino de Deus, sou muito feliz, completa e o mais importante, tenho a minha salvação.
   E é isso que o Senhor Jesus oferece a todos a verdadeira felicidade, a salvação.
© BLOG MULHERES DE ORAÇÃO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por